TEATRO CRISTÃO – O figurino é muito importante

O figurino. É algo que pode parecer desnecessário. Muita gente que faz Teatro Cristão nem liga. O público talvez nem perceba. São várias afirmações que têm suas verdades e mentiras. No entanto, o figurino é algo muito importante e que pode fazer toda a diferença na hora do espetáculo. Então, quero falar com você sobre a importância do figurino no Teatro Evangélico. Bora lá?!

Figurino é mesmo importante?

Bem, pode parecer que não. Muita gente até acha que o público nem liga, que vai entender, e que pode ser usado qualquer trapo velho ou material de baixa qualidade ou, até, material reciclável. Mas, acima de tudo, pensa comigo, se o figurino não fosse tão importante, por que ter uma premiação específica só pra figurino no Oscar e Grammy? Os maiores eventos de TV e Cinema no mundo todo. Em outras palavras, vamos nos preocupar em dar mais valor ao figurino na hora de montar um espetáculo de Teatro Gospel?

Figurinos autênticos e originais

Uma dica básica é você estudar a peça e entender como a história se desenvolve, pois, consequentemente, ficará mais fácil na hora de pensar no figurino. Claro que em grupo profissional, assim como grandes produções de cinema e televisão, existe um profissional só para cuidar disso. Mas, sabemos que Teatro Cristão, em sua maioria, é composto por pessoas amadoras e grupos sem muitas condições financeiras. O que não pode ser desculpa quando for montar os figurinos de peça. Por exemplo, aqui mesmo no blog já dei várias dicas sobre Teatro Evangélico. E a internet está cheia de informações por todos os lados. Basta se dedicar e estudar um pouco sobre o assunto.

Como escolher o figurino certo?

Depois de estudar a peça, você vai identificar todos os pontos que podem ser abordados pelas personagens do espetáculo. Acima de tudo, existem algumas perguntas podem ser feitas para te ajudar a achar o figurino perfeito, por exemplo: Quais os hábitos da personagem? Quais os gostos? Qual a época que se passa a peça? Qual a profissão? Qual a classe social? E tem várias outras. Partindo daí, fica bem mais fácil escolher o figurino certo para cada personagem.

Além disso, investir na qualidade é fundamental, não se esqueça. Da mesma forma, escolher o ator certo para o figurino também é outro fator importante. Se o figurino puder ser feito do zero em alguma costureira, melhor ainda. Mas muitos grupos de Teatro Evangélico não têm dinheiro suficiente, então reutilizam roupas ou compram de um tamanho específico e depois outros atores têm que usar. No entanto, não desanime. Se não tiver outro jeito, comece assim mesmo. Mas procure sempre melhorar.

 Procure trabalhar com excelência

Pra encerrar, vou continuar batendo na mesma tecla de fazer um trabalho com excelência. O Teatro Cristão do Brasil precisa melhorar ainda mais! Procurar se aperfeiçoar na produção textual, aprender mais sobre criação de personagem, interpretação, entonação de voz, marcação de cena etc. E o figurino não pode ser diferente. Invistam em material de qualidade, em um figurino que passe realmente a mensagem que a peça quer passar. Deixem as batas do batismo, muito usadas por “Jesus” e os discípulos, para o batismo. Pesquisem as roupas da época das histórias bíblicas e tentem reproduzi-las. Lembre-se que a mensagem tem que ser passada pro público mesmo sem você dizer uma palavra; e o figurino é fundamental para isso.

Espero que essas dicas possam ajudar você e o seu grupo de Teatro Gospel a crescer profissionalmente e deixar o amadorismo de lado. Nosso Deus precisa receber o melhor da adoração e as pessoas precisam receber a mensagem da melhor maneira possível. E só com qualidade podemos fazer isso. E aí? Vamos crescer juntos?

Facebook Comments