TEATRO CRISTÃO | Como criar um grupo de Teatro?

Tenho falado muito sobre Teatro Cristão por aqui, no YouTube ou nas redes sociais. E uma dúvida que tem surgido muito é como criar um grupo de Teatro Evangélico.

Pois bem! É sobre isso que quero falar. Se você já se perguntou como iniciar um grupo de teatro e não sabe por onde começar, se liga nas dicas que vou deixar.

São dicas de experiências que eu mesmo tive e ainda faço nos meus grupos de Teatro Gospel. Pegue papel e caneta e anote mais essa lição no nosso curso de Teatro Cristão Criativo.

Teatro Cristão não é pra qualquer um

Pensa comigo. Você já viu qualquer fazer parte do ministério de louvor? Imagina aí aquela irmãzinha ou aquele irmão que canta mal pra caramba fazendo o louvor no domingo de Santa Ceia.

Aí do lado dessa irmã, tem aquele filho do diácono que tá aprendendo a tocar violão, mas que não sabe quase nada ainda. Errando mais notas do que acertando.

Aí quem vai subir ao altar pra pregar para a igreja lotada é um “qualquer” que eu pastor deu oportunidade sem nem saber as qualificações do indivíduo.

Isso não acontece, né? Então, por que as pessoas acham que para fazer Teatro Evangélico serve qualquer um? Por que as pessoas levam o Teatro Cristão na brincadeira?

Audição e seleção

Quer começar o seu grupo de Teatro Gospel? A primeira coisa que recomendo é fazer uma audição. Anuncie na igreja que vai rolar uma audição para selecionar os integrantes do grupo. Atores, atrizes, sonoplasta, figurinista, maquiador etc.

Marque o dia e horário e avise que será uma única vez. Depois, não adianta ir mais atrás. Selecionados os integrantes, feche o grupo e trabalhe apenas com quem está dentro.

Se alguém aparecer depois de algum tempo querendo fazer parte, avise que só poderá entrar quando tiver uma outra audição. A partir dessa fase, não entra mais ninguém. Mas deixe claro que pode sair.

Powered by Rock Convert

Seriedade nos ensaios

Com o grupo fechado, é hora de ensaiar. Se você é o líder, passe as regras a serem seguidas para todos os integrantes. E se você é um integrante, tenha seriedade e compromisso de seguir as regras.

Acordem um dia e horário para os ensaios. A partir disso, se alguém faltar sem justificativa, haverá punição. Se chegar atrasado, volta pra casa. Trabalhe com quem quer trabalhar. Evite estresse e desgaste desnecessário.

O ensaio é muito importante. São nos ensaios que aprendemos, ensaiamos, nos preparamos, oramos, nos consagramos, erramos, acertamos, lavamos a roupa suja, analisamos, planejamos etc.

Dia a dia nos ensaios

Eu costumo separar os meus ensaios em 4 partes. Não é regra, é algo pessoal. Mas eu recomendo demais você a trabalhar dessa forma.

A primeira parte é para a oração. Orem pelo ensaio, pelo grupo, pela igreja, pela peça. Façam um revezamento de pessoas para orar nos ensaios e, quem sabe, um revezamento de oração individual e oração em grupo. Todos nós precisamos de momentos a sós com Deus. Duração: 5 a 10 minutos.

A segunda parte é de conversa. ATENÇÃO!! Não é jogar conversa fora! Essa conversa é para tratar assuntos do grupo, como analisar as últimas peças, ideias de peças, novos exercícios, lavar a roupa suja, panejamento do grupo etc. Duração: 5 a 10 minutos.

A terceira parte é de exercícios. Com toda a equipe reunida, faça exercícios para aperfeiçoar detalhes, aprender novas técnicas, improvisar, expressão corporal e facial, voz etc. Duração: 30 a 40 minutos.

A quarta parte é a da passagem da peça. Depois de toda a equipe orar, conversar e se exercitar, os integrantes que irão participar da próxima peça vão passá-la, ensaiar de vez. Os demais podem ir pra casa ou ficar para auxiliar em algum ponto, mas sem atrapalhar com brincadeiras e conversas paralelas. Duração: tempo da peça.

As durações podem variar de acordo com o tempo de ensaio programado pela equipe, são apenas sugestões. E aí? curtiu essas dicas? Gostaria que eu falasse mais sobre ensaios? Deixe o seu comentário que eu vou ter o maior prazer em ler.

Grande abraço!

Viva a arte!

Facebook Comments